Marque sua consulta
Sistema de agendamento
disponível 24 horas
1
mar
Home blog » Olho vermelho e ardendo pode ser sintoma da Covid-19? Entenda

Olho vermelho e ardendo pode ser sintoma da Covid-19? Entenda

Mais de um ano após o início da pandemia, algumas informações sobre a Covid-19 ainda são desconhecidas pela maior parte da população, como o olho vermelho e ardendo em alguns casos. A exemplo disso, temos o desafio de compreensão sobre as principais vias de contaminação.

 

Por isso, além de reforçar os cuidados com a higiene, é fundamental alertar sobre a possibilidade de transmissão da doença pelos olhos. Por desconhecer, muitas pessoas confundem o olho vermelho e ardendo com alergias ou infecções oculares mais comuns.

 

Portanto, até que todos estejam vacinados, é essencial estar alerta aos cuidados necessários para combater o vírus e aos procedimentos recomendados quando sintomas da Covid surgirem, evitando riscos à sua saúde e à sua família.

 

Afinal, olho vermelho e ardendo pode ser sintoma da Covid-19?

De acordo com dados publicados pela Academia Americana de Oftalmologia, 1 a 3% das pessoas contaminadas pelo novo vírus apresentam conjuntivite, sendo o primeiro sintoma da Covid-19 em determinados casos. Além disso, uma pesquisa realizada por oftalmologistas da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e publicada na revista científica The Lancet, indica que o Sars-CoV-2 também prejudica a retina, parte do olho responsável por levar a informação que gera a imagem no cérebro.

 

Os especialistas pontuaram, ainda, que a úvea, grupo de estruturas que inclui a íris (a parte colorida do olho), pode sofrer lesões. A infecção pela Covid-19 também é capaz de inflamar a córnea e causar ressecamentos nos olhos.

Isso só reforça a importância do uso de máscaras ou protetores faciais, de lavar as mãos correta e frequentemente, de evitar levar as mãos à boca, olhos e nariz e de manter uma distância segura de, pelo menos, 1,5 metros das outras pessoas. E às pessoas que usam óculos e lentes de contato, a recomendação é realizar a higiene dos acessórios diariamente.

 

Conheça os principais sintomas oculares da conjuntivite:

Para solucionar as dúvidas e evitar a confusão na hora de identificar se o olho vermelho e ardendo são sintomas da Covid-19 ou não, listamos os principais sintomas da conjuntivite:

· Ardência

· Coceira

· Dor

· Pálpebras inchadas

· Olhos ressecados

· Excesso de secreção

· Sensação de “areia nos olhos”

· Sensibilidade à luz

· Olhos vermelhos

· Visão embaçada

 

É importante ressaltar que a conjuntivite, em sua forma viral, é altamente contagiosa e, se for acompanhada por um oftalmologista, pode provocar úlcera na córnea e danos graves à visão.

 

Nesse caso, a recomendação é similar às orientações de prevenção e combate à Covid-19. Higienizar as mãos periodicamente é a prática mais indicada. Dessa forma, é possível evitar a contaminação dos seus olhos, por meio de vírus e bactérias.

Seja qual for a situação, atente-se aos sintomas e busque atendimento profissional para diminuir os riscos de contágio, seja conjuntivite, seja Covid-19. Em ambos os casos, as lesões podem ser graves, comprometendo a saúde dos seus olhos.

Para saber mais detalhes sobre a conjuntivite, suas causas e tratamentos, é possível conferir o conteúdo completo, disponível em nosso blog. Lá você também pode acessar outras opções com os principais temas relacionados à saúde dos seus olhos.

Essa matéria contou com a contribuição Dr. Breno Mello – diretor clínico do Centro Oftalmológico de Minas Gerais

CRM: 45856