Sistema de agendamento
disponível 24 horas
23
set
Home blog » Cegueira na infância: causas e prevenção

Cegueira na infância: causas e prevenção

As principais causas de cegueira na infância são evitáveis, provenientes de doenças como rubéola, toxoplasmose, falta de vitamina A, etinopatia da prematuridade, catarata ou glaucoma, que se fossem devidamente tratadas não levariam à essa consequência.

O desenvolvimento visual da criança ocorre até os 7 anos, sendo desejável que prevenções, diagnósticos e tratamentos de doenças oculares, sejam feitos nesse período, para evitar o grave comprometimento de seus olhos. Além das consequências oculares, não desenvolver bem a visão pode comprometer o organismo da criança como um todo.

Uma das formas de diagnosticar precocemente qualquer alteração ocular na criança é o teste do olhinho, feito para eliminar a possibilidade de qualquer doença congênita nos olhos. Caso ocorra alguma alteração, a criança é encaminhada diretamente a um especialista.

Uma forma de prevenir problemas oculares em bebês e crianças é a observação de suas ações e características, como, fotofobia, lacrimejamento, olhos avermelhados ou com cores acinzentadas. Além disso, é de extrema importância a visita periódica ao oftalmologista, principalmente se um desses sintomas forem detectados.